UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA

SOCIEDADE

03/05/2008

Menina perde o braço por causa de suposto erro médico. Comente

O Conselho Regional de Medicina de Goiás e Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia abriram investigação para apurar suposto erro médico que vitimou uma garotinha de apenas sete anos. Mariana Alves Rodrigues teve o braço direito amputado após ter um quadro de infecção generalizada (septicemia).

Faça seu comentário.

Após suposto erro médico, menina de sete anos tem braço direito amputado
Bate-papo: problemas brasileiros

02/05/2008

Maiorias das brasileiras que aborta é católica. Opine

Uma pesquisa realizada pela UnB (Universidade de Brasília) e pela Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) revelou que a maioria das brasileiras que aborta é católica --de 51% a 82% do total de 3,7 milhões. A maioria delas tem entre 20 e 29 anos e já são mães. Para ela, a conclusão não surpreende, já que grande parte dos brasileiros se diz católica. Em segundo lugar ficaram espíritas (4,5% a 19,2%) e, em terceiro, evangélicas (2,6% e 12,2%).

Para os autores do levantamento, o alto número de abortos feitos por mulheres que já têm filhos (entre 70,8% e 90,5%) reforça a tese de que o aborto seria medida de planejamento reprodutivo, empregado em último caso, quando os outros métodos contraceptivos falharam.

Maiorias das brasileiras que aborta é católica e já é mãe. Opine.

Maioria das brasileiras que aborta é católica, diz estudo
Bate-papo: problemas brasileiros

01/05/2008

O que você gostaria que mudasse em seu ambiente de trabalho?

Grande parte do nosso tempo passamos no ambiente de trabalho. Por essa razão, o ideal seria que ambiente fosse estimulante e descontraído, onde as pessoas se dedicassem em desenvolver atividades construtivas, produtivas e de interesse geral.

Mas nem sempre é possível estar totalmente satisfeito profissionalmente. Neste caso, identificar e superar possíveis problemas ligados ao trabalho ou aos colegas é essencial para um bom convívio.

O que você gostaria que mudasse em seu ambiente de trabalho? Opine agora!

 Prestes a estourar? Veja como controlar o nervosismo no ambiente de trabalho
 Bom ambiente de trabalho é cada vez mais valorizado; como identificá-lo?
 Veja fotos de trabalhadores pelo mundo
 UOL Cartões: estresse no escritório? 
 Converse sobre trabalho no Bate-papo UOL

O que você gostaria que mudasse em sua profissão?

Desde a declaração do feriado de 1º de maio até hoje, os trabalhadores brasileiros e de todo o mundo conquistaram direitos significativos. Mesmo assim, ainda há muita coisa que precisa ser feita nas relações trabalhistas.

"O que me deixou muito satisfeito foram os resultados das campanhas salariais, a melhora na condição de saúde do trabalhador e, no último ano, a política de valorização do salário mínimo, que beneficiou cerca de 40 milhões de pessoas", afirmou Artur Henrique, presidente nacional da CUT (Central Única dos Trabalhadores).

Cada vez mais, especialistas, empresas e sindicatos analisam propostas que buscam melhorias profissionais para os trabalhadores, como a redução da jornada de trabalho, o aumento do trabalho informal, renda e benefícios, entre outras medidas.

E para você, trabalhador, o que você gostaria que mudasse em sua profissão? Deixe seu comentário.

 Especialistas defendem reforma para proteger trabalhadores informais
 Trabalhador conquistou direitos significativos, mas há muito a avançar
 Veja fotos de trabalhadores pelo mundo
 Especial Folha Online: Maio de 68
 UOL Cartões: Feliz Dia do Trabalho! 
 Converse sobre a data no Bate-papo UOL

29/04/2008

O que você faz para tentar resolver os problemas sociais?

Crise de alimentos, poluição e aquecimento global, violência nas cidades e no campo, problemas de trânsito, moradores de rua, epidemias como a dengue, mal funcionamento da rede pública de saúde, crianças em evasão escolar, má distribuição de renda, casos de escravidão, corrupção política.

A sociedade passa por problemas. Melhor do que lamentar é agir.

E que atitudes você toma para tentar resolvê-los?

 ONU cria força-tarefa para combater crise dos alimentos
 Folha de S.Paulo: Cidades que mais desmatam lideram crimes na Amazônia
 Morador de rua brasileiro é homem, alfabetizado e tem parentes que moram na mesma cidade, revela pesquisa
 Especial UOL: trânsito
 Especial Folha Online: dengue
 Especial Folha Online: crise dos alimentos
Bate-papo UOL: problemas brasileiros
Grupo de Discussão: Morador de rua é homem e alfabetizado, diz pesquisa. Dados surpreendem?

Morador de rua é homem e alfabetizado, diz pesquisa. Dados surpreendem?

Folha ImagemUma pesquisa encomendada pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e divulgada nesta terça-feira (29), em Brasília, revela o perfil dos moradores de rua brasileiros.

A principal conclusão do estudo é que as pessoas em situação de mendicância são em sua maioria homens alfabetizados -74% sabiam ler e escrever e quase a metade (48,4%) disseram ter completado o ensino fundamental- e jovens -mais da metade (52%) têm entre 25 e 44 anos-, que abandonaram suas casas por problemas com álcool ou drogas ou por terem perdido o emprego.

Morador de rua brasileiro é homem, alfabetizado e tem parentes que moram na mesma cidade, revela pesquisa. O que você acha das revelações do estudo? Você se surpreendeu com os dados obtidos?

 Morador de rua brasileiro é homem, alfabetizado e tem parentes que moram na mesma cidade, revela pesquisa
 Maioria dos moradores de rua tem documento e alguma fonte de renda
Bate-papo: problemas brasileiros
 Grupo de Discussão: O que você faz para tentar resolver os problemas sociais?

28/04/2008

Qual foi o produto mais inusitado que você comprou de vendedores de rua?

Andando na contramão da maioria da população de São Paulo, há um grupo de pessoas na cidade que quer - e gosta - que o trânsito pare a cada esquina. Para os vendedores de rua da capital paulista, os congestionamentos e o trânsito caótico são bons: é dali que eles tiram seu ganha-pão.

"Quanto mais trânsito, melhor para nós", disse Reinaldo Francisco de Pontes, 42 anos, que vende alho em um cruzamento. "Sem trânsito tiro uns R$ 100, com trânsito chega a R$ 200", faz coro o vendedor de óculos de sol Brás Correia de Lemes, de 41 anos, 26 deles no farol.

Você costuma comprar mercadorias de ambulantes? Qual foi o produto mais inusitado que você já viu alguém vendendo? E o que você comprou? Já passou por algum apuro para conseguir se desvencilhar dos vendedores? Conte-nos a sua história.

 Para vendedores, congestionamento é sinônimo de lucro
Bate-papo: problemas brasileiros